Tratamento Gengivite – Periodontologia

Tratamento de doenças nas gengivas

A Periodontologia é a especialidade no âmbito médico-dentário dedicada ao diagnóstico e tratamento de doenças dos tecidos que suportam os dentes, nomeadamente as gengivas, o ligamento periodontal e o osso alveolar. Em resumo: a Periodontologia engloba e enquadra todos os tipos de tratamentos na gengiva.

Na Maxiclin, clínica dentária em Queluz, é habitual tratarmos doenças periodontais - como é o caso da:

  • Gengivite: inflamação da gengiva.
  • Periodontite: inflamação que leva à perda progressiva de osso e gengiva.

Tanto uma como outra doença têm uma prevalência elevada no nosso país, pelo que se reveste de particular importância a observação por parte um médico-dentista – para diagnóstico e tratamento precoce. Prevenção, como sempre, é a chave.

Seguro e Eficaz

Processo Rápido

Resultado Imediato

Doenças nas gengivas: sintomas

A gengivite tem sintomas, e tratar é um processo simples de descrever, tal como identificar as suas causas. A grande causa da gengivite é, sobretudo, a inflamação da gengiva. Os principais sintomas são:

  • a dor;
  • o edema gengival;
  • as hemorragias.

A inflamação é causada pelas bactérias que se agregam na placa bacteriana - isto é, pelo tártaro - e pode também ser causada por algumas tipologias de medicação ou por alterações hormonais.

Quanto à periodontite, é uma doença inflamatória crónica também de origem bacteriana – afetada fortemente por fatores como os hábitos de tabaco ou a Diabete Mellitus - que afeta os tecidos que suportam os dentes.

Para além de gengivite, apresenta outros sintomas: recessão óssea e gengival, espaço entre os dentes, migração e mobilidade dentária.

  • Dor nas gengivas
  • Hemorragia nas gengivas
  • Abcessos nas gengivas
  • Edema nas gengivas
  • Retração das gengivas
  • Mobilidade dentária
  • Espaços entre os dentes

Doenças nas Gengivas: causas

Para além da placa bacteriana, há outras causas para que uma gengivite progressivamente se torne numa periodontite e para as quais devemos ter atenção. Nomeadamente:

  • Antecedentes na família (isto é, fatores genéticos)
  • Stress
  • Hábitos tabágicos
  • Consumo de álcool
  • Má nutrição e excesso de peso
  • Doenças como a Diabetes Mellitus
  • Doenças no sistema imunológico;
  • Alterações hormonais, oriundas na gravidez ou menopausa.

Tratamento Gengivite e Periodontite

A gengivite tem tratamento, tal como a periodontite tem. O tratamento para gengiva retraída existe, tal como para os mais variados problemas associados às gengivas e aos dentes. Deve sempre ser feita uma avaliação clínica e radiográfica para diagnosticar a melhor forma de resolver o problema de cada paciente específico.

No diagnóstico periodontal é feita um periodontograma. Um periodontograma é uma avaliação clínica profunda aos tecidos que suportam os dentes. Para além disso, são também feitas radiografias.

Em resumo: a retração de gengiva tem tratamento, mas é importante ser diagnosticada. Quanto mais cedo, melhor.

O tratamento da gengivite e periodontite começa pela caracterização da doença na primeira ida ao médico-dentista. Tipicamente, nessa primeira consulta o paciente é reeducado pelo dentista para fazer uma boa Higiene Oral, algo que todos sabemos fazer desde terna idade, mas que vamos deixando de fazer com o mesmo afinco ao longo do tempo.

Tudo porque controlar a placa bacteriana – e o tártaro – é essencial para controlar a periodontite e a gengivite. Usar bem a escova, o fio dentário e o escovilhão é um excelente princípio. Nessa primeira consulta pode ainda fazer-se uma destartarização, bem como aquilo que se define como um alisamento radicular. Tudo com o intuito de controlar a inflamação.

Esta é a fase higiénica do tratamento. O primeiro grande objetivo é eliminar a placa bacteriana das superfícies dentárias e radiculares. Nesse momento será fundamental assegurar a cooperação e proatividade do paciente, visto que importará manter os níveis de placa bacteriana baixos no pós-consulta.

Esta fase pode prolongar-se por mais do que uma sessão. Nesse contexto, esclarecemos um ponto: a periodontologia tem preços que dependem do número de sessões e das terapêuticas aplicadas. Um bom exemplo disso é a opção pelo tipo manutenção que se vai definir.

Dependendo sempre do diagnóstico e da avaliação de cada caso, algumas semanas depois pode ser feita uma primeira reavaliação periodontal para antecipar a próxima fase do tratamento. Esta pode ser uma de duas: manutenção regular ou corretiva. A fase corretiva pode ser uma cirurgia gengival.

A cirurgia de retração gengival pode resolver lesões mais graves, sempre com o intuito de salvaguardar a saúde dos dentes. O fato da retratação da gengiva originar cirurgia não deve ser visto como um problema de maior, mas antes uma solução segura para evitar problemas maiores.

Tem alguma dúvida sobre Periodontologia? Fale connosco - estamos aqui para o ajudar.


Agende já a sua consulta

Faça agora o seu pré-agendamento, responderemos com a máxima brevidade.

Escolha o dia e o horário preferencial:

Clínica Dentária em Queluz, Sinta - Lisboa
N.º Registo 12246
E103359

Licença 1957/2011

Livro de Reclamações

Horário de Atendimento

Segunda-Feira
10h às 13h » 15h às 19h30
Terça-Feira
10h às 13h » 15h às 19h30
Quarta-Feira
10h às 13h » 15h às 19h30
Quinta-Feira
10h às 13h » 15h às 19h30
Sexta-Feira
10h às 13h » 15h às 19h30
Sábado
Fechado
Domingo
Fechado
Enviar mensagem
Precisa de ajuda? 😊
Olá! 👋 No que podemos ajudar?
Clique no botão abaixo e envie-nos uma mensagem no WhatsApp.